De acordo com a legislação Portuguesa “Quem, sem motivo legítimo, infligir dor, sofrimento ou quaisquer outros maus-tratos físicos a um animal de companhia é punido com pena de prisão até um ano ou com pena de multa até 120 dias.”
“Se dos factos previstos no número anterior resultar a morte do animal, a privação de importante órgão ou membro ou a afetação grave e permanente da sua capacidade de locomoção, o agente é punido com pena de prisão até dois anos ou com pena de multa até 240 dias.”
Em caso de abandono a lei prevê que “Quem, tendo o dever de guardar, vigiar ou assistir animal de companhia, o abandonar, pondo desse modo em perigo a sua alimentação e a prestação de cuidados que lhe são devidos, é punido com pena de prisão até seis meses ou com pena de multa até 60 dias.

According to the Portuguese legislation "Whoever, without a legitimate reason, inflicts pain, suffering or any other physical ill-treatment on a companion animal, shall be punished with imprisonment for up to one year or with a fine of up to 120 days."

"If the facts provided for in the preceding paragraph result in the death of the animal, the deprivation of an important organ or limb, or the serious and permanent affectation of his ability to move, he shall be punished with imprisonment for up to two years or with a fine of up to 240 days. "

In case of abandonment, the law provides that "who, having the duty to guard, watch or watch pet animals, abandon him, thereby endangering his food and the care he owes him, shall be punished with imprisonment for up to six months or a fine of up to 60 days.

Estamos a executar um programa chamado TNR ou CER captura / esterilização / retorno em Colónias de gatos da rua (abandonados e/ou selvagens), em Albufeira e redondezas. Estes são dois dos gatos que foram hoje capturados, castrados/esterilizados e tratados para parasitas. Este programa será executado até que estejamos confiantes de que todos os gatos dentro da Colónias são castrados / esterilizados. Depois de recuperados, eles são devolvidos à área de onde vieram, onde terão acesso a alimentos suficientes e viverão vidas mais saudáveis, sem o problema da criação incontrolável. 
Uma gata fêmea, não esterilizada, pode criar uma Colónia inteira de 30 gatos em apenas um ano. Muitos gatos selvagens lutam para sobreviver em condições muitas vezes difíceis, não tendo o suficiente para comer diariamente, abrigo adequado ou qualquer acesso a cuidados veterinários. Quanto mais gatinhos nascem nestas condições, a luta pela sobrevivência se intensifica. O Programa TNR (CER) oferece uma solução eficaz e humana para a recriação descontrolada de gatos da rua, interrompendo imediatamente a reprodução e o crescimento descontrolado da população, fazendo com que o número de gatos na área diminui naturalmente. 
Se tiver um problema com os gatos abandonados na sua área, entre em contacto connosco, diga-nos aonde estão, quantos gatos são e o que acha necessário fazer. Se puder,  faça favor de oferecer um donativo e assim contribuir para cobrir despesas de execução desses programas. Visite a nossa página de doações com detalhes sobre diferentes maneiras para ajudar

We are currently running a Trap/Neuter/Return (TNR) programme on a colony of feral (wild) cats in and around Albufeira Town town. These are two of the cats that were trapped, neutered/spayed and treated for parasites today and the programme will run until we are confident all cats within the colony have been neutered/spayed. After they have recovered they will be returned to the area they came from where they have access to sufficient food and will live out healthier lives without the problem of uncontrollable breeding.

One unspayed female can be responsible for a colony of 30 cats in just one year. Many feral cats already struggle to survive in often harsh conditions, many not having enough to eat on a daily basis, adequate shelter or any access to veterinary care. As more kittens arrive the struggle to survive intensifies. TNR offers an effective and humane solution to the uncontrolled breeding of feral cats. It stops the breeding and stops population growth immediately and the number of cats in the area declines naturally.

If you have a problem with feral cats in your area, please contact us with details of where you are and how many cats are in the area. If you would like to donate towards the cost of running these programmes, please visit our donate page with details of different ways you can donate to help.

4 coisas para fazer se encontrar um gatinho órfão:


Se já se passaram 12 horas desde que encontrou o gatinho e a sua mãe não apareceu, algo está definitivamente errado. Veja o que fazer. 
É um instinto humano natural em relação aos órfãos: quando vemos um pequeno gatinho bebé sozinho no grande mundo, queremos apanhá-lo e proteger o bichinho pequenino dos perigos em seu redor. Mas, por favor, pare por um momento, respire fundo e considere estas dicas sobre como ajudar os gatinhos abandonados. 


1. Certifique-se de que o gatinho esteja realmente abandonado: as gatas-mãe têm que caçar a sua comida e podem deixar o ninho por algumas horas enquanto fazem isso. Às vezes, uma mãe gata move o seu ninho para garantir a segurança da ninhada. Porque ela não tem um carro ou um passe de autocarro ela tem que carregar os seus gatinhos, um de cada vez, do velho ninho para o novo. Se os gatinhos estão limpos, gordinhos e quietos, eles estão bem e a mãe está por perto. 


2. Observe à distância: se está preocupado com a possibilidade de a mãe não voltar, observe o ninho, mas não se aproxime muito. Se a gata- mãe for feroz, sentir cheiro humano perto do seu ninho, ela poderá ficar com muito medo de voltar e cuidar dos seus gatinhos. Como os gatinhos geralmente precisam de comer a cada quatro ou seis horas e se já passaram 12 horas desde que encontrou o gatinho sem que a mãe tivesse voltado, algo está definitivamente errado e deve dar o próximo passo. 


3. Aquecê-los: os gatinhos com menos de três semanas de idade não conseguem controlar a temperatura do corpo e podem facilmente entrar em hipotermia e até morrer, mesmo quando as temperaturas exteriores são agradáveis. Um gatinho em hipotermia parece apático e ao tocá-lo até pode sentir frio. Prepare um ninho forrado com toalhas e coloque uma almofada de aquecimento ou uma bolsa de água quente sob as toalhas. Certifique-se de deixar um lugar onde eles possam afastar-se em caso de ficarem muito quentes. 


4. Peça ajuda: Durante o auge da temporada de nascimentos, a AGA pode ter gatas que aceitam cuidar e alimentar as crias abandonadas. O leite materno é de longe a melhor nutrição que um bebé pode ter. Se não tivermos mães disponíveis, podemos ter voluntários ou cuidadores que sabem como alimentar os gatinhos recém-nascidos, ou podemos dar instruções sobre como fazê-lo. 

4 Things to Do If You Find an Orphaned Kitten:

If it's been 12 hours since you found the kitten and the mother hasn't come back, something is definitely wrong. Here's what to do.

It’s a natural human instinct regarding orphans: When we see a tiny baby kitten alone in the great big world, we want to swoop in and save the little wee thing from the dangers all around. If you find yourself in such a situation, stop for a moment, take a deep breath, and check out these tips about helping abandoned kittens.

 

1. Be sure the kitten really is abandoned

Mother cats have to hunt for their food, and they can leave the nest for a few hours at a time while doing so. Sometimes a mom cat moves her nest in order to ensure the safety of the litter. Because she doesn’t have a car or a bus pass, she has to carry her kittens, one at a time, from the old nest to the new one. If the kittens are clean, plump and quiet, they’re okay and mom is nearby.

2. Observe from a distance

If you’re concerned that mom might not be coming back, watch the nest but don’t get too close. If the mom cat is feral and she smells human scent near her nest, she might be too frightened to come back and care for her kittens. Kittens usually need to eat every four to six hours, so if it’s been 12 hours since you found the kitten and the mother hasn’t come back, something is definitely wrong and you can take the next step.

 

3. Warm them up

Kittens less than three weeks old can’t control their own body temperature and can easily get so chilled. The means they can die, even when outdoor temperatures are warm. A chilled kitten is listless and may actually feel cold to the touch. To get abandoned kittens warm, prepare a nest lined with towels and put a heating pad or hot water bottle under the towels. Be sure to leave a place where they can crawl away if they get too hot, too.

4. Call for help

During the height of kitten season, AGA might have nursing mom cats who might welcome some extra kittens. Mother-cat milk is by far the best nutrition a growing baby can get. If we don’t have mom cats available, we may have volunteers or foster carers who know how to bottle feed newborn kittens, or we might give you instructions on how to do so.

Gatos em Risco
Tem comhecimento de crueldade contra animais? Denuncie entrando em contacto com a SEPNA ou GNR local.

Those wishing to report animal cruelty can contact SEPNA using the contact details for the Division.

Albufeira GNR